sábado, 7 de fevereiro de 2009

MINHA COZINHA. Crônica por Edna Costa.

Essa crônica eu escrevi em 2004, quando ainda vivíamos em Jersey City. Nossa casa tinha um lindo jardim na frente com roseiras, hortências e outras plantas, um gostoso quintal com árvores frutíferas, uma sala aconchegante e quartos confortáveis, mas a cozinha era a peça mais ampla e usada por todos nós. Ah! que saudades eu sinto até hoje daquela casa.

MINHA COZINHA.

Eu gosto muito da minha cozinha. Ela é grande, arejada e é dali que saem os deliciosos aromas de um café fumegante, do chá para acalmar o estresse ou fazer a digestão, da sopa para esquentar o estômago e o espírito nos dias frios, da macarronada com frango aos domingos, das guloseimas em comemoração a aniversários e do feijão com arroz do dia a dia.

É ali que conversamos em volta da mesa, longe da televisão para não tirar a atenção da prosa. Algumas vezes jogamos cartas e é também onde meu filho estuda e eu faço as contas da casa. No verão gosto de olhar distraída pela janela para ver os passarinhos em algazarra nos pés de frutas do quintal e o gato amarelo, gordo e preguiçoso fingindo não ver os pássaros mas lambendo a pata prazeirosamente.

Ontem notei que o sol já começou mudar de posição, pelas sombras projetadas no chão da minha cozinha.
Elas mostram que já estamos no outono e em breve virá o rigoroso inverno. Minha cozinha ficará cinzenta por um longo tempo e meu olhar um tanto melancólico sem a luminosidade do sol .

Talvez eu passe a maior parte do tempo reclamando do inverno - apesar de continuar amando a neve – mas esperarei, não sem certa impaciência, pela volta dos raios de sol a enfeitar o chão da minha cozinha, que eu gosto tanto.

3 comentários:

Márcia Regina disse...

Oi Edna, que delícia de cozinha, que delícia de crônica. Cozinha é um lugar especial por si só, quando nos faz sonhar assim é inesquecível....obrigada pelas crônicas deliciosas que escreve....bjcas

Edna Costa disse...

Oi minha querida, obrigada a você pela amizade e generosidade. Beijão e fique na paz.

Jandira disse...

Querida Edna,
Desde pequena lá no Rio, que nosso point era a...COZINHA! Tudo de bom acontecia lá! "Os cumidão" da mamis, a família reunida, muito papo , muita reminiscência, coisa que até hoje eu adoro fazer! Receber alguém querido com comida gostosa, do coração... isso é que é!
Bj grande