sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Teste da margarina II.

Pessoal, vou explicar rápidamente o caso da margarina. No fórum que frequento, apareceu uma história contando os males que a margarina pode nos causar, por provocar vários tipos de mal a saúde. Foi contada pela amiga Cleide, que, na melhor das intenções, leu, colou e repassou como um alerta. Intrigada pelo assunto, já que consumo uma margarina indicada pelos médicos, fiz uma experiência e constatei que a margarina realmente não estraga.

Assim que coloquei o resultado da experiência aqui, o amigo Older me alertou que ligou para a empresa que fez o estudo e que esse teste nunca foi realizado pelo citado instituto. Assim que li isso, coloquei uma nota aqui comentando como a net pode nos levar a cometer enganos, ao acreditar em tudo que lemos pela rede. Mas, o fato não me saiu da cabeça fácilmente e resolvi que naquele dia iria fazer o mesmo teste com a manteiga.

Procedi exatamente como fiz com a margarina e qual não foi minha surpresa, ao ver que a manteiga também não estraga!!! A manteiga, depois de duas semanas deixada fóra da geladeira, criou uma aguinha (ou gordura) amarelada na superfície, só mudando o cheiro que ficou um pouco mais acentuado, talvez pela falta de refrigeração. Ou seja: o teste foi feito igual e o resultado das duas (manteiga e margarina) também foi exatamente igual!

Fico por aqui, lembrando dos bons e velhos tempos em que a gente comia de tudo sem culpa. Um tempo de inocência, em que se morria de "nó nas tripas" (que hoje sabemos ser apendicite), era bem melhor e menos estressante que os dias atuais, em que somos prisioneiros do tempo, dos medos, da ansiedade e da técnologia. Quem não concordar, levanta a mão e pode gritar!

7 comentários:

Older disse...

Minha querida Edna, já foi o tempo em que se cozinhava na banha de porco e não se passava mal, tb não tinha contrôle remoto, elevador, condução para todo lugar, vidro elétrico, ar-condicionado e mais um monte de coisas que vieram "nos ajudar" a viver melhor. Fazíamos mais exercícios, gastávamos mais calorias e precisavamos de mais tb. Foi ótimo vc fazer o teste e ver que muita coisa que "anda" na Nét é fantasia.
Um grande beijo.
Older

Edna Costa disse...

Amigo Older, sempre tão presente e querido. Obrigada e grande beijoka pra você também...smack!

Anônimo disse...

Manteiga estraga sim ! ela embolora...tem mal cheiro... margarina pode deixa um 1 mês fora da geladeira que ela não muda em nada !

Anônimo disse...

Como disse o anônimo acima, manteiga estraga sim. Principalmente manteiga colonial. Eu compro manteiga colonial para uso culinário e como ela vem sem sal, compro a industrializada pra passar no pão. Tem marca de manteiga que não estraga, esta eu não compro novamente, de qualquer forma, manteiga industrializada dura 10X mais que a manteiga colonial. Manteiga colonial estraga até na geladeira, sei porque estou com um tijolo de manteiga de uns 400g na geladeira e que vai pro lixo.

mingue100 disse...

Falta apenas uma molécula para a margarina se tornar plástico. Foi feito um teste e deixada a margarina aberta no chão de uma garagem na sombra. Não apareceu nenhum inseto ou mesmo mosquitos pois não gostam de plástico.
A manteiga já é um produto mais antigo e não causa males ao organismo como a margarina.

Anônimo disse...

Que bom que a margarina não estragou.

Seria muito triste pensar que Napoleão III pediu para fazer um substituto da manteiga que NÃO ESTRAGASSE, e hoje a margarina estragasse. (O objetivo dele não era envenenar o povo. Era dar uma opção BARATA para os pobres, além de ser um alimento que os soldados poderiam carregar durante as campanhas sem estragar. Barras de chocolate também são comida de guerra, ou seja, que não estraga durante meses.)

Agora sobre o esse scam (farsa que não quer morrer), eu ficaria mais preocupada com o leite... pois se é para fazer plástico, o leite é um primeiro substituto que me vem a mente para quando o petróleo acabar. Na verdade, a gente vai apenas voltar às origens, pois os primeiros plásticos também foram descobertos usando leite e vinagre.

neste sentido, leite e manteiga também estão a apenas uma molécula (ácido acético) de virar plástico. E nem por isso fazem mal à saude (exceto em excesso, quando até água faz mal se ingerirmos demais. Tipo afogamento).

http://sciencebob.com/make-plastic-milk/

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.